Sofia Azevedo. Com tecnologia do Blogger.

uma vez tive um diário

 quarta-feira, 9 de março de 2011


Uma vez tive um diário. Tinha na capa uma boneca de vestido azul sentada numa nuvem. Foi o meu primeiro e único diário. Teve muitos nomes, tantos quanto o meu estado de alma lhe quis dar. Imaginei como seria contar-lhe todos os meus segredos, mesmo aqueles que eu ainda não sabia que guardava. Um dia, escondi a chave, com medo que alguém pudesse descobrir tudo aquilo que eu ainda não lhe tinha contado. Escondi-a tão bem que não a voltei a encontrar. Hoje, ainda fechado, o meu diário guarda os segredos que nunca lhe contei, nas suas páginas em branco e por estrear. Continua a ser o meu primeiro e único diário e tem na capa uma boneca de vestido azul sentada numa nuvem.

3 linhas:

Trésor 10 de março de 2011 às 19:34  

Gostei muito. Ás vezes o que não dissemos é o que melhor recordamos.

Victoria 14 de março de 2011 às 23:10  

Nunca tive um diário. Provavelmente teria ficado em branco também, mesmo sem perder a chave.

Beijinho
Victoria

Clara 6 de abril de 2011 às 20:18  

De tudo faço um diário. Adoro escrever e escrevo em todo o lado. Lindo desabafo. É através de pequenos detalhes como este, que conhecemos um pouco mais sobre as pessoas.

Beijinhos
Clara

Enviar um comentário

Blog template by simplyfabulousbloggertemplates.com

Back to TOP